Fotografia de Família

Quando iniciei na fotografia, percebi a necessidade de se registrar momentos espontâneos. Uma imagem espontânea é capaz de trazer sensações a quem olha. Em especial a quem se vê naquela fotografia. Estudando um pouco sobre fotografia podemos ver que grandes fotógrafos são conhecidos justamente pelos seus registros espontâneos. Trazendo a nós uma história. A fotografia é isso, é uma forma de registrar a história em imagens.

A fotografia de família não é diferente para mim. Cada família tem sua rotina, atividades que fazem juntos, uma história de vida. Nesse tipo de fotografia o que eu busco é trazer essa história, a realidade da família em retratos.

Algumas imagens podem até ser realizadas propositalmente. E devem! Mas nenhuma imagem deve fugir da realidade da rotina da família.

Para obter imagens que retratem a realidade, antes da sessão de fotos eu coleto as informações da rotina. Pergunto qual o horário que costumam acordar, isso já me ajuda a saber se farei as fotos pela manhã ou à tarde. Ou até mesmo um dia de fotos.

Quando há crianças pequenas, em especial bebês, é importante saber a rotina da criança, para que possamos buscar um horário que não altere a sua rotina.

Ainda antes da sessão de fotos, busco compreender o que a família gosta de fazer junto. Como se divertem, quais os passeios que preferem. O que gostam de comer quando estão fora de casa. Enfim, o meu trabalho é conhecer a família ao máximo que eu puder, em especial para ensaios externos.

Com as informações podemos então definir como será a sessão de fotos. Costumo partir de dois princípios básicos. Em casa ou externo.

Geralmente vou à casa da família para retratar a rotina com um bebê que chegou há pouco tempo. Nessa caso, para mim, tem sido proveitoso fazer após a criança já ter pelo menos 01 mês de nascimento. Isso ajuda a obter fotos de brincadeiras que os pais possam fazer com seus filhos pequenos. A criança já começa a interagir mais. Obtemos risadas, olhares e muito sentimento!

É importante registrar a hora do banho, hora de mamar, e até a hora do soninho.

Quando realizo o ensaio externo, normalmente as crianças estão um pouco maior. E a interação é maior também. Geralmente nesse caso dedico um dia inteiro. É quando vamos realizar um passeio em que a família vai se divertir, interagir e eu estarei lá para registrar cada momento.

Durante todo o dia, devemos estar atentos aos detalhes. Até mesmo no momento de se passar o protetor solar podemos obter imagens muito legais.

Esse estilo de fotografia jornalística que geralmente se faz em eventos sociais como casamentos e debutantes, também é essencial na fotografia de família. Trazendo assim registros da realidade, da história daquele dia.

Claro que podemos orientar sobre os locais, devemos pensar na luz, nas sombras… No ambiente em si. Devemos pensar na parte técnica sempre, mas principalmente, devemos registrar cada imagem com o mesmo sentimento do que estamos vendo no momento. Sentir junto com a família as sensações daquele instante é o que nos ajuda a escrever cada momento em belas imagens.

Importante sempre lembrarmos de que cada família tem seus gostos, sua rotina e forma de se divertir. Então nem sempre irei ao mesmo lugar realizar um ensaio de família. Nem sempre será praia ou parque.

Comentários